De roxo a azul

No dia em que deixaste de me amar soube-o logo porque os teus olhos passaram instantaneamente de roxos a azuis, e o teu sorriso tornou-se um tronco seco, e a noite caiu como um pesado véu de veludo preto sobre a minha vida.

E as doninhas, meu amor, nunca mais voltaram a visitar o nosso quintal.

4 comentários:

Nathalia disse...

Muito bom o site...
adoro coisas nesse estilo...
ainda não consegui ler todas, mas das que li " E DIZ" , é muito boa..
meus parabéns!
=)

Happy and Bleeding disse...

*

Vertigo disse...

:)*

nana disse...

autch....