...

Sabes, amor, e se eu te dissesse que as tuas mãos fazem nascer em mim flores, prados inteiros, montanhas e que o cheiro dos dias não é o mesmo sem ti, nem contigo, vertigem, sensação boa e assustadora de princípio e de fim, agora e sempre o medo e o teu calor a derrubar muros, fronteiras, monstros à solta e tudo isto sem pedires nada, e tudo isto com um sorriso, e tudo isto, amor, porque guardo o teu coração numa caixa, nem sei bem porquê, não sei já porquê - como não lembro o sítio da casa onde a guardei. Perdoa-me, amor, mas contigo aprendi a viver o momento e deixei os grandes detalhes, como as arrumações e outro tipo de logística, para as fadas, os duendes ou para o pó. Se um dia quiseres partir, havemos de encontrá-la; afinal, vivemos só num apartamento.

10 comentários:

Happy and Bleeding disse...

afinal existe :)

vanessa lopes disse...

lindo delicado...

Andreia Ferreira disse...

:) ... *

Tiago R disse...

Ola Rita, tudo bem? recentemente escrevi te a perguntar algo ao teu alcance, no entanto nao tive resposta, nao serei digno de uma???? Sobre alguem que conheces bem, Mario Cunha, eu conheco o e gostava de contactar com ele, sera que possivel? podes me ajudar? agradeco

meu e mail e ttiagoribeiro@hotmail.com

Nao descancarei ate conseguir o que pretendo, e o que pretendo e algo taaaaooooooo simples...

obrigado, fica feliz

Tiago R

Rita disse...

Tiago,

Só ontem li o teu mail; tenho estado ausente por motivos de saúde, pelo que não te pude responder. Há várias razões para uma pessoa não responder à outra...

Quanto ao contacto do Mário: não sei porque supões que o terei; de facto, não o tenho actualizado porque, julgo, mudou de mail e de tlm; tenho, no entanto, o da sua companheira; irei informá-la da tua pretensão e, caso assim o entenda, far-te-ei chegar, por mail, o seu número.

Quando precisares de mais alguma coisa, agradeço que me contactes via mail; este espaço aqui destina-se a outros usos.

Rita

*flor* disse...

desculpa a invasao..mas gostei tanto que nao resisti!

=$


talvez o amor não exista aos olhos dos outros e somente se possam ver, "provas de amor".

Miguel Barroso disse...

Gostei.


Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

Francisco disse...

...Sabes, eu ando a tentar aprender o amor...

Li os teus escritos anteriores e gosto.. gosto da tua escrita e como tal gosto de ti :=)

Espero que esta manifestação de um sentimento não seja abuso...

Concordo com os momentos, concordo em absoluto. Não sei bem o que a vida tem... Não sei se fujo dela se ainda não a compreendi.

Francisco.
Aconteceu em Novembro

Se tiveres 1 minuto e vontade (claro) faz-me uma visita :)

Teresa Queiroz disse...

li com atenção

o amor é indescrtível...

gostei de ler

Fabyo disse...

o amor nao existe
www.sociedadedoente.blogspot.com